Dicas essenciais de boa convivência em condomínios

Normas de conduta ajudam a evitar possíveis conflitos e problemas com vizinhos e funcionários

Pequenas atitudes no dia a dia influenciam a boa convivência e qualidade de vida de todos. Isso não foge à regra quando o assunto é relacionamento com os vizinhos. A harmonia e respeito entre condôminos e funcionários fazem a diferença na rotina do empreendimento, além de propiciar um ambiente mais saudável e leve.

A fim de orientar os moradores de edifícios residenciais sobre as boas práticas de convivência, a ItaBrasil – empresa com 46 anos de expertise em gestão e administração condominial – preparou um guia com pequenas regras básicas e dicas para evitar possíveis conflitos e problemas.

Segurança 
– Evite facilitar a entrada de pessoas desconhecidas no condomínio sem a devida autorização. De maneira nenhuma abra o portão de entrada para pedestres ou veículos desconhecidos. 
– Todos são responsáveis pela segurança do empreendimento, do condômino ao funcionário.

Barulhos 
– Não faça barulho após o horário de silêncio estabelecido e respeite as normas do condomínio. 
– Mesmo no horário permitido, utilize o bom senso. Fique atento para não incomodar os vizinhos à sua volta com ruídos excessivos ou volume de som acima do normal.

Elevadores 
– Seja cordial e cumprimente as pessoas ao entrar e sair do elevador. 
– Espere que as pessoas saiam do elevador para que você possa entrar. 
– Segurar a porta é um pequeno gesto de gentileza, que deve ser praticado sempre. 
– Não monopolize e segure o elevador parado em um andar, especialmente em horários de pico. 
– Animais, mudanças, caixas e compras de supermercado devem ser transportados sempre no elevador de serviço.

Lixo 
– Não jogue papéis, bitucas de cigarros ou quaisquer outros tipos de lixo pela janela da unidade. 
– Seu lixo deve sempre estar devidamente ensacado, sem exalar odor forte.

Garagem e estacionamento 
– Estacione seu veículo da maneira correta na vaga. Respeite os limites das faixas com espaço para os demais carros e evite conflitos. 
– Respeite a velocidade de 10 km/h na garagem. 
– A preferência na circulação da garagem é sempre de quem está chegando. 
– Não utilize sua vaga como depósito. Caso precise de um local para armazenar pertences, fale com seu zelador, gerente ou síndico do empreendimento. 
– Em caso de raspadas e batidas de carros em outros veículos deixe um bilhete se identificando com pedido de desculpas para que o responsável escolha a melhor maneira de reparar os danos ou entre em contato com o proprietário do bem. 
– Sempre devolva o carrinho de compras ao local correto.

Funcionários 
– Trate todo e qualquer funcionário de forma cordial e educada, eles são pessoas valiosas para o dia a dia do condomínio. 
– Em caso de reclamação, dirija sua queixa ao síndico ou gerente de empreendimento. 
– Lembre-se que o funcionário é contratado para o condomínio, então evite pedir que ele execute serviços particulares.


Vizinhos 
– Antes de reclamar de um vizinho, avalie se você não comete os mesmos equívocos. 
– Procure dialogar sempre de forma pacífica, com ponderação e bom senso. 
– Problemas e mal entendidos de condôminos devem ser resolvidos, preferencialmente, pessoalmente com uma conversa para compreender os dois lados da questão. 
– Um assunto somente deve ser levado ao síndico ou gerente do prédio somente em última instância.

Crianças 
– Ensine as regras do condomínio para os filhos e as crianças de sua unidade. É importante que aprendam a conviver em sociedade desde cedo, respeitando as normas e todas as pessoas igualmente. 
– Menores de oito anos não devem circular desacompanhados, principalmente em áreas como a piscina. 
-Procure limitar o horário de brincadeiras dentro do apartamento até às 22h para evitar conflitos com vizinhos por barulho. 
– Opte por carpetes emborrachados e tapetes nas áreas onde as crianças ficam (geralmente nos quartos) para evitar propagação de ruídos.

Regras e Assembleias 
– Conheça a pauta antecipadamente e participe sempre que possível. 
– Em caso de dúvidas, consulte sempre o síndico ou gerente do edifício. 
– Lembre-se de que as regras de condomínio acordadas devem ser seguidas por todos, mesmo quem não estava presente.

Obras e reformas 
– Consulte sempre o síndico ou gerente de empreendimento antes de realizar uma reforma para verificar se o reparo não entrará em conflito com as estruturas do empreendimento. 
– Informe o que será realizado, bem como a duração, horários de ruídos e movimentação de prestadores de serviços. 
– Comunique aos seus vizinhos e peça desculpas antes do início das obras.

Animais 
– Animais devem ser transportados somente no elevador de serviço. 
– Procure ficar atento ao barulho do animal para não perturbar os vizinhos, especialmente em horários de descanso. 
– Caso o animal suja as dependências comuns do condomínio, o dono ou responsável deve limpar prontamente.

 

Matéria publicada em: TERRA/CondomínioSC